VISITA DE ESTUDO À ADEGA

A VISITA À ADEGA

A visita à adega foi assim: Primeiro estávamos na escola. Eu, o Carlos Daniel e o Luís estávamos a resolver um problema.

Quando acabámos de resolver, o professor disse para nós irmos para lá para fora. Depois vieram todos e lá fomos nós pela estrada fora.

Quando nós chegamos à adega, tivemos de esperar um bocadinho cá fora. Depois de esperarmos, nós fomos ver as uvas, que já tinham chegado no trator.

Primeiro os funcionários da adega tiraram uma amostra das uvas para ver quanto tinham de açúcar.

As uvas roxas tiveram 10,8 por cento de açúcar e as uvas brancas tiveram 11,6.

Uma das máquinas que eu conheço é a prensa tradicional.

 

Na adega existiam várias prensas destas desativadas. Estas máquinas funcionam assim: primeiro põe-se a uvas já raladas dentro da prensa, aperta-se e depois o vinho sai por uns intervalos que a prensa tem. A prensa tem um canal por baixo, por onde o vinho escorre. Esse canal termina num buraco redondo e grande e o vinho sai por ele. Por baixo desse buraco pomos um recipiente.

Também vi uma máquina basculante onde se punham as uvas que estavam nos tratores e depois a máquina virava e as uvas caíam noutra máquina que as ralava.

 

Outra das máquinas que eu vi era uma máquina que tirava a casca as uvas e transformava as uvas em sumo. Era uma prensa industrial.

Por fim, eu vi um recipiente grande onde o vinho passava e era ali arejado.

As uvas que tinham mais açúcar vendem-se mais caro e são mais baratas as que têm menos açúcar.

E foi assim a visita à adega.

João Henrique (4.º ano)

 

 

publicado por eb1gamil às 13:50
link do post | comentar | favorito